INFORMAÇÃO ÚTIL - Museu Guggenheim Bilbao

INFORMAÇÃO ÚTIL

O QUE VER EM BILBAO

AZKUNA ZENTROA

Azkuna Zentroa está localizado em pleno centro da capital, e é um dos edifícios mais representativos da vila. O antigo armazém de vinho, desenhado em 1909 por Ricardo Bastida, é agora um espetacular centro cívico polivalente dedicado ao lazer e à cultura, cuja transformação foi realizada pelo famoso Phillippe Starck. Azkuna Zentroa é um espaço inovador, multidisciplinar e cheio de vida, onde têm o seu espaço o conhecimento, as representações culturais de diversa índole, a atividade física e a diversão.

Website de Azkuna Zentroa (em Inglês)

CENTRO HISTÓRICO

O Centro Histórico transporta-nos através das suas ruas pedonais, as famosas sete ruas, às origens da Vila de Bilbao. Nos seus cantos não só encontramos as igrejas e os monumentos mais antigos da cidade: a Catedral de Santiago, o Museu Arqueológico, Etnográfico e Histórico Basco, a Igreja de San Antón, a Biblioteca Municipal de Bidebarrieta ou a Praça Nova, mas também encontramos um espaço idóneo onde experimentar a gastronomia dos seus numerosos bares e restaurantes, referência de txikiteo e pintxos da cidade.

Sitio web com informação turística de El Casco Viejo (em Inglês)

ARQUITETURA

O novo Bilbao representa a exaltação da arquitetura e o urbanismo, constituindo atualmente um museu ao ar livre com a colaboração de primeiras figuras da arquitetura mundial como: Frank Gehry, César Pelli , Javier López Chollet, Arata Isozaki, Robert Stern, Luis Peña Ganchegui, Ricardo Legorreta, Norman Foster, Santiago Calatrava, Rafael Moneo ou Philippe Starck.

Abandoibarra, com uma zona de 348.000 metros quadrados, que durante anos esteve destinada à atividade portuária, traz-nos exemplos como o Palácio de Congressos e da Música Euskalduna, o Museu Marítimo Ria de Bilbao, o Centro Comercial Zubiarte ou a Torre Iberdrola. Sem esquecer o novo estádio de San Mamés, conhecido popularmente como “a Catedral do Futebol”, onde joga o Athletic Club de Bilbao.

RÍA DE BILBAO

Bilbao é uma cidade que quer crescer face à sua Ria e, ainda mais longe, face ao mar; exemplo disso é a transformação experimentada durante anos neste cenário único. Para a viver em todo o seu esplendor, podemos apanhar um barco no mesmo passeio de Abandoibarra e sulcar as suas águas enquanto contemplamos autênticas obras de arte da arquitetura, como as Torres Isozaki ou o Museu Guggenheim Bilbao; e navegar sob as numerosas pontes que a atravessam: Zubi Zuri, a Salve, a passarela Pedro Arrupe, a ponte Euskalduna...

O QUE VER EM BISCAIA

PONTE SUSPENSA

A Ponte Biskaia é, desde 13 de julho de 2006, o único monumento de Euskadi incluído na lista de Património Mundial da UNESCO, e o único incluído dentro da categoria de Património Industrial de todo o Estado. Foi a primeira ponte transbordadora do mundo, e tem funcionado desde a sua inauguração, em 1.893. No local onde a ria de Bilbao se alarga para se unir com o mar, alça-se esta esplêndida obra de engenharia do arquiteto biscainho Alberto de Palacio, discípulo e colaborador do francês Gustave Eiffel, autor da célebre torre parisiense, com a qual a ponte se parece muito.

Website da Ponte Biskaia (em Inglês)

SANTURTZI

No passado foi porto biscainho de grande relevância na pesca costeira, e era percorrido pela romântica figura das varinas - as da popular canção “Desde Santurce a Bilbao”-. Na atualidade, os vestígios do seu passado industrial misturam-se com modernos e atrativos espaços de lazer, e ainda se pode sentir o delicioso cheiro das grelhas fumegantes, autêntica tentação para o visitante que poderá degustar a suas afamadas sardinhas ou qualquer peixe de temporada assado de forma tradicional.

Não podemos perder a espetacular panorâmica sobre a Baía do Abra do miradouro que se encontra junto ao Palácio de Oriol ou, para os mais arrojados, a cima do Monte Serantes.

Website com informação turística de Santurtzi (em Inglês)

SAN JUAN DE GAZTELUGATXE

No município de Bermeo, entre o cabo Matxitxako e a vila de Bakio, existe um espaço litoral que se caracteriza pela sua espetacular paisagem erodida, cheia de cavernas e arcos naturais, catalogado de Biótopo protegido, quer pela qualidade das suas águas, quer pelo interesse histórico da zona, cuja primeira menção escrita é no s. XI.

No centro deste espaço levanta-se o promontório mágico de San Juan de Gaztelugatxe. Em forma de península na metade do Cantábrico e unido à terra por uma estreita ponte construída sobre as rochas, este rochedo está culminado por uma pequena ermida situada a 80 metros sobre o nível do mar dedicada a São João.

Website com informação turística de San Juan de Gaztelugatxe (em Inglês)

GERNIKA-LUMO

A vila de Gernika, fundada em 1366 e tão vinculada à história de Euskadi, constitui uma visita obrigatória para quem vem visitar-nos.

Após o seu bombardeamento na guerra civil, inspirou o famoso quadro de Picasso do mesmo nome, e foi merecedora do título “cidade símbolo da Paz" produzindo-se acordos e compromissos de colaboração com outras cidades em campos como a cultura, a educação e a indústria.

Gernika-Lumo tem um importante património artístico, entre o qual se destaca o conjunto denominado Casa de Juntas, onde se encontra a famosa Árvore de Gernika, sob a qual se reúnem as Juntas Gerais desde o século XV.

Website com informação turística de Gernika-Lumo (em Inglês)

O QUE VER EM EUSKADI

O PENTE DO VENTO

Muito provavelmente, a obra mais conhecida do escultor donostiarra Eduardo Chillida e um dos locais mais frequentados por donostiarras e visitantes seja o Pente do Vento XV, mas a maioria das pessoas conhecemos este conjunto de esculturas situado no Passeio do mesmo nome como Pente do Vento ou O Pente do Vento.

Num extremo da baía de La Concha, no final da Praia de Ondarreta, ancoradas nas rochas da costa, três grandes peças de aço de nove toneladas cada, são açoitadas pela força do mar Cantábrico. No nível do solo, umas chaminés de ar e água conformam o que algumas pessoas chamam o órgão de Chillida.

Website com informação turística de O Pente do Vento (em Inglês)

PRAIAS

As praias de San Sebastián, com espetaculares vistas da cidade, oferecem um âmbito ideal para a prática do surf e numerosas atividades aquáticas. Ainda devido à sua ótima gestão ambiental, todas elas renovaram o EMAS, o máximo certificado de qualidade da União Europeia.

Ondarreta, com os seus 600 metros de longitude, está unida às praias de La Concha e a Zurriola através de um passeio marítimo de 7 km que acaba perto de Ondarreta, em O Pente do Vento.

A praia da Zurriola encontra-se no bairro donostiarra de Gros, sob o atento olhar do palácio de congressos e auditório Kursaal.

A incomparável praia de La Concha é um dos sinais de identidade de Donostia-San Sebastián.

ARTIUM

Museu e centro de atividades culturais inaugurado em 2002, está situado no centro de Vitoria-Gasteiz, junto ao seu Centro Medieval e às zonas social e economicamente mais dinâmicas da cidade. O museu conforma, ainda, um eixo cultural com o Centro Cultural Montehermoso e o conjunto de museus: Naipes, Arqueologia, Ciências Naturais, e constitui um dos ativos fundamentais do panorama artístico nacional.

No seu interior encontramos uma ampla e singular coleção de arte contemporânea, mais de três mil peças que ilustram, de forma coerente e lógica, a evolução da arte espanhola dos séculos XX e XXI.

Website de Artium (em Inglês)

RIOJA ALAVESA

A Rioja Alavesa é una zona cheia de vinhas e adegas que não pode deixar de visitar. Vai apreciar quer a velha e pequena adega familiar escondida debaixo de uma rua ou nos alicerces de qualquer casa, quer os desenhos e formas espetaculares que os modernos arquitetos dedicam às grandes adegas: Ysios ao lado de Laguardia concebida por Calatrava, em Samaniego Iñaki Aspiazu é o autor de Adegas Baigorri, o arquiteto francês Philippe Maziéres projetou Villa Real em Laguardia e Gehry em Elciego a Adega Vinhos dos Herdeiros do Marqués de Riscal.

Website com informação turística de Rioja Alavesa (em Inglês)

×